Search

Menu

Vertical Menu

Jarbas Comput@adores. Tecnologia do Blogger.

Archive

Me siga no Twiter

Me siga no Twiter
Sigo de volta @Radio_Tatuape
domingo, 10 de novembro de 2013

Estas 5 pessoas foram presas graças à própria estupidez

Não é de hoje que tem gente por aí tentando se dar bem de formas ilegais e criminosas, e alguns casos de bandidagem merecem destaque. As histórias que você vai conhecer a seguir mostram pessoas que foram presas por dois motivos: pelos crimes que cometeram e porque agiram de maneira muito, muito estúpida.

1 – Ted Bundy

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Esse cara foi um dos maiores assassinos da História, tendo ficado conhecido por sua preferência por mulheres jovens e que fossem atraentes para ele. Bundy agia sempre da mesma forma fria, seguindo uma espécie de roteiro mórbido, cruel e extremamente repugnante.
Primeiro ele sequestrava suas vítimas, depois as levava para cativeiros e cometia violências sexuais e físicas. Em seguida, matava-as e mantinha os corpos escondidos para manter relações de necrofilia.
Logicamente, ele foi um dos assassinos em série mais procurados dos EUA, mas parecia que Bundy conseguia sempre escapar ileso de qualquer investigação. Foi em agosto de 1975, no entanto, no estado norte-americano de Utah, que a sorte deixou de ficar ao lado do criminoso. O policial rodoviário Bob Hayward fazia seu trabalho normalmente quando percebeu um veículo andando de forma suspeita.
Hayward pediu para o veículo parar e foi fazer uma vistoria corriqueira. O bandido quis se passar por bom moço e se comportou como se não fosse um grande foragido. O problema foi que o assassino esqueceu que algumas ferramentas de roubo estavam à vista. Perdeu, Bundy.

2 – HAHAHAHA

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Em tempos de redes sociais, Facebook, Instagram, Vine, Twitter e afins, é normal que algumas coisas aconteçam, como a vontade de registrar qualquer momento, desde a pizza do final de semana até o post it grudado à mesa do trabalho, ou a estranha necessidade de publicar até os pensamentos mais irrelevantes.
A questão é: use a rede social que você quiser, mas tenha moderação, saiba o que vai postar e, claro, nunca deixe de fazer logoff de qualquer site que exija senha, afinal, você não sabe o que pode acontecer se suas informações estiverem disponíveis com tanta facilidade.
Essas dicas básicas deveriam ter sido lidas – ou não, na verdade – por dois espertinhos colombianos, que resolveram bancar os clientes de um café que disponibilizava computadores com acesso à internet. Depois de alguns minutos se passando por frequentadores do local, eles deram voz de assalto, levaram dinheiro, computadores, celulares e afins. O problema foi que um dos espertinhos deixou sua conta no Facebook logada. E aí você já sabe o que aconteceu. Bobinho...

3 – Bendita porta

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
E aí “pull” e “push” significam o que mesmo? Quem nunca se confundiu com qual é “puxe” e qual é “empurre”? Pois é, o fato é que se você estiver assaltando uma loja de conveniência com uma arma de brinquedo, é melhor não ter esse tipo de dúvida na hora de ir embora.
Foi isso o que aconteceu com James Allan, um homem de 28 anos que se atrapalhou depois de assaltar uma loja e acabou dando bandeira, revelando que seu revólver era de brinquedo. Que piada, hein?

4 – A arte do excesso

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Se você se irrita com gente publicando 20 fotos do céu ensolarado todas as manhãs durante as férias, saiba que esse excesso de exposição tem seu lado positivo. Como essa necessidade de contar ao mundo cada passo que se dá é uma espécie de epidemia universal, não é de se estranhar que ela esteja presente também em jovens criminosos.
E foi depois de publicar um vídeo no YouTube, mostrando o resultado de um roubo de carro e de um assalto a banco, é que uma jovem de 19 anos foi presa. Parabéns para ela.

5 – A pele que habito

Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
Anthony Garcia era membro de uma gangue em Los Angeles quando participou de um crime envolvendo homicídio. Ele conseguiu ficar foragido por quatro anos, mas acabou sendo parado por um policial e entrou em problemas porque sua carteira de habilitação estava com a data de validade vencida.
O problema, que poderia ser solucionado com a apreensão do veículo e o pagamento de multa, se tornou mais sério quando o policial reparou na tatuagem que Garcia tinha no peito, com desenhos que detalhavam perfeitamente o crime não solucionado de quatro anos atrás. Não demorou para que as investigações da tatuagem e da cena do crime revelassem o verdadeiro culpado.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Página Inicial

CONTADOR OFICIAL

Histats